•  

    Da cidade do automóvel à mobilidade sustentável

    A UGGI Educação Ambiental convida ao debate sobre um dos maiores desafios enfrentados nas últimas décadas pelos moradores das grandes cidades: a mobilidade urbana, ou em muitos casos a imobilidade urbana. Alguns locais da cidade de São Paulo, dependendo do horário e do dia da semana, tem a malha viária completamente congestionada por veículos individuais. Pudera, essa malha (ruas, avenidas, viadutos, etc) foi e ainda é pensada para esses carros, que hoje beiram os 6 milhões, e não para o transporte público ou a circulação de bicicletas e pedestres.

    Opondo-se ao automóvel individual temos no transporte público uma alternativa. O número de passageiros transportados ultrapassa os 13 milhões por dia. Porém, esse elevado número de usuários contrasta com a pouca oferta e com a má qualidade do serviço.

    Nos últimos anos, uma nova polêmica veio à tona em São Paulo: a implantação das ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Com quase 500 km de vias destinadas às bicicletas, a cidade busca a efetivação de uma mobilidade urbana mais sustentável.

    Nesse roteiro, a UGGI Educação Ambiental propõe uma reflexão sobre mobilidade e a vida na cidade, por meio de visitas ao Centro de Controle de Tráfego da CET, ao Centro de Controle do Metrô, da locomoção por bicicleta pela cidade e do contato com movimentos sociais como o Passe Livre. Estudar esse tema de maneira crítica leva à percepção de que é urgente estabelecermos uma mudança de paradigma sobre o transporte individual e meios de transporte mais sustentáveis, pelo direito à cidade e à qualidade de vida a todos.

    Deixe seu Comentário!
    Nome
    E-mail
    Comentario
    Redes Sociais
    Facebook Twitter Instagram
    Newsletter UGGI
    Cadastre seu e-mail e receba informações sobre viagens UGGI
    Assinar
    Todos Direitos Reservados UGGI @2014 - 2015
    Desenvolvido por PopComm