•  

    Bariloche

    A Patagônia é o território situado no extremo sul do continente americano que se estende da Província de Neuquén na Argentina até o território da Terra do Fogo.

    Separada pela cordilheira dos Andes, a oeste encontra-se a vizinha Patagônia Chilena, que também alcança a Terra do Fogo e se inicia ao sul da cidade de Osorno.

    Essa região apresenta ao viajante inúmeros atrativos naturais. Existem atividades indicadas preferencialmente para o verão austral e outras para o inverno. Apesar dos extremos entre as estações, as variações que o viajante enfrenta vão do temperado confortável ao frio levemente negativo com precipitação de neve no inverno.

    A cidade base para atividades ao ar livre na Patagônia norte é Bariloche, que conta com moderno aeroporto e linhas de ônibus executivas interprovinciais, com as quais se chega a Buenos Aires em 18 horas.

    A proposta nessas viagens é vivenciar a natureza em todo seu realismo, experimentando por alguns dias a vida de explorador, de montanhista e de caminhante.

    Os refúgios de Bariloche, como o Lopez e o Frey, são exemplos de apoio para as atividades de trekking.

    A partir do Frey, que consta de nossa programação, um dos caminhos é pelo alto do Cerro Catedral, tradicional ponto turístico e de esportes de inverno da cidade e o outro, mais longo, é pela trilha eslovena por onde as paisagens magníficas de quedas d’água, dos lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno preenchem o horizonte.

    No verão, a trilha do Frey é uma caminhada pela floresta e no inverno é tarefa que exige raquetes de neve nos pés. No refúgio a simplicidade é total: beliches simples, um saco de dormir, comida quente e a vista esplêndida das montanhas nevadas que circunda o ambiente.

    A região de Bariloche conta também com rios de montanha que comportam vários tipos de atividade. Travessias de 
    caiaque são habituais, mas são os raftings que mais atraem pela emoção e ação. O Rio Manso, por exemplo, apresenta corredeiras de diversos níveis de dificuldade, atendendo desde remadores iniciantes até os mais experientes com suas corredeiras de grau 2, 3 e 4, bastante movimentadas. 

    Os acampamentos são um capítulo à parte. Podem ser agrestes ou organizados dentro dos parques nacionais, com bastante infraestrutura. Acampar congrega as pessoas e conclama a colaboração e o trabalho em equipe. Acampar em um bosque nevado à beira de um lago, podendo sair dali para um passeio de caiaque ou uma caminhada, é realmente uma experiência inesquecível. Bariloche possibilita uma imersão completa na língua espanhola ou na língua inglesa. Nossos guias, dependendo do objetivo da viagem, direcionam o programa para uma ou outra língua.

    Os programas podem ir do clássico ao ousado, lançando mão de ferramentas e roteiros específicos para cada grupo. Não se deixa de lado, porém, os momentos de confraternização, sejam eles nos jantares, nas brincadeiras ou nas noites de festa.

     

    Deixe seu Comentário!
    Nome
    E-mail
    Comentario
    Todos Direitos Reservados UGGI @2014 - 2015
    Desenvolvido por PopComm